Rio de Janeiro,
Brado pela Paz

Meus irmãos!

É na paz dos povos, na harmonia dos lares, que reside o evolucionismo material, moral, intelectual e espiritual de cada povo.

É na harmonia que está a sólida conservação dos lares para a propagação da espécie humana. É na paz de um povo, de uma nação, que está a vida e a conservação da prosperidade humana.

É na harmonia da vida do lar que o Homem realiza as suas grandes aspirações, vivendo para a família e para a sociedade. É na paz que um povo encontra o meio de formar a sua independência moral, material e intelectual. A paz é, pois, a maior força de consciente estabilidade humana. A paz é a luz mais fúlgida que pode iluminar o destino dos povos para um futuro mais risonho e uma condição mais segura.

Que contraste, meus irmãos, entre a paz e a guerra! Enquanto uma caminha e cria, a outra retrocede e destrói, pois é sempre o resultado da ambição insatisfeita em que se chocam os interesses dos elementos beligerantes e onde o menos que se perde são os bens particulares e as fortunas públicas, mas se perdem tesouros mais valiosos, como a vida e a moral.

A guerra, meus irmãos, é um ciclone que em sua passagem tudo arrasa., tudo devasta, transformando as mais belas obras do esforço humano em cinza e finalmente em nada! A guerra é o maior dos crimes humanos e o pior dos males terrenos. Degenera a mocidade, cria princípios de vingança, corrompe os sentimentos de dignidade do Homem, tornando-o desumano, impiedoso e perverso. Oh! Meus irmãos, preparai-vos para a guerra contra a guerra, lutando pela paz. Pregai em todos os cantos da terra o evangelho da harmonia, a religião do pacifismo, como credo mais puro e nobilitante. Homens sábios, criteriosos e humanos, governadores e governados, oponde-vos à guerra pelo amor à paz, pelo amor à Humanidade e pelo amor a Deus.

"Kallaby Suff Haram"

Home | localização | Contato Todos os direitos reservados à T.I.O